segunda-feira, novembro 25, 2013

«Victor Hugo definiu os revisores como "modestos sábios, hábeis em polir as penas do génio". O enciclopedista Pierre Larousse considerava os revisores seus "mais queridos auxiliares". Tristão de Athayde, referindo-­se à importância do cuidado do revisor com a boa composição gráfica, lembrou o caso da poesia concretista, que "faz da dis­posição tipográfica dos textos um ele­mento de composição e de expres­são estética". Nosso saudoso escritor e professor Guilhermino César, em dedicatória que fez em livro de sua autoria, chamou seu revisor de «anjo da guarda dos escritores». O linguista Jorge Campos considera o revisor "um tradutor de uma língua nela mesma".» «Por último agradeceria, se não tivesse perdido o seu nome e morada, a um cavalheiro americano que generosa e gratuitamente corrigiu a pontuação, a botânica, a entomologia, a geografia e a cronologia de anteriores obras minhas e que, segundo espero, não irá privar‐me desta vez dos seus serviços.» Virginia Woolf

Sem comentários: