sexta-feira, setembro 20, 2013

Eu sabia. Salinger continuou a escrever.

Sem comentários: