domingo, agosto 11, 2013

- Uma coisa que sempre me inquietou é saber que parte de mim sou eu, aquela parte intacta, incontaminada pela vida, pelos outros, pela sociedade, pela família, pela escola, pelo trabalho. Será que existe essa parte intrínseca? E, por outro lado, essa parte intrínseca se é a que veio comigo, então é aquela sobre a qual tive menor escolha. Porque somos isto e não aquilo? Porque escolhemos o que escolhemos?

2 comentários:

Anónimo disse...

Acho que 90% é herdado. Percebi isso ao ver como os meus filhos são tão diferentes e consigo identificar as partes que são minhas, as que são do pai, e outras que não consigo identificar estarão certamente mais latentes em gerações passadas. Também não haveria razão para herdarmos os traços físicos e não os espirituais.

Carolina Valadares disse...

Complexo. Na minha opinião, partes incontaminadas pela vida não existem. Só aquelas que já estão mortas, ou que sempre estiveram. E essas partes intrínsecas, sempre contaminadas pela vida, graças a deus ou seja lá quem for, não são escolhidas: são-nos oferecidas.