terça-feira, julho 30, 2013

Finalmente, um livro que capta a atmosfera dos sonhos (pelo menos, dos meus). O último de Manuel Alegre.

Sem comentários: