terça-feira, maio 28, 2013

Que Miguel Esteves Cardoso escrevia assim já o sabia. Que o José Rodrigues dos Santos o pronunciasse assim no telejornal já o sabia. Mais surpreso fiquei quando o último livro de Herberto o regista assim. Não existe «octagenário» - como não existe «octagésimo». Octogenário. Octogésimo.

1 comentário:

Unknown disse...

Talvez o H.H. queira acentuar o peso da idade, ao usar uma grafia antiga. Vão ao Houaiss ou ao Dic. Etimológico de José Pedro Machado. Não os tenho aqui de momento, mas lá se referem datas de uso dessa grafia.

L. Varela