sexta-feira, março 15, 2013

Tantas vidas dentro da vida. Tantas pessoas dentro de uma pessoa. A vida interior do outro - a corrente subterrânea e insugável - sempre uma incógnita. Sonhamos como vivemos, dizia o outro - sozinhos.

2 comentários:

Anónimo disse...

Adoro

curtos instantes disse...

Importante é viver para os nossos sonhos.