sexta-feira, fevereiro 01, 2013

«Rosas espalhadas pela neve. Chega até mim o seu perfume. As pétalas são como brasas no gelo. Não sei explicar, mas tudo ganha uma beleza que antes não tinha.» José Tolentino de Mendonça, O Estado do Bosque

Sem comentários: