sexta-feira, janeiro 25, 2013

E se Keats não tivesse morrido aos 25 anos? E se Sá-Carneiro não tivesse morrido aos 26 anos? Talvez Deus os tenha colhido porque a sua escrita se tornaria tão encandeante, que faiscaria o leitor que se dissiparia ante um clarão que nenhum mortal poderia suportar.

Sem comentários: