segunda-feira, dezembro 31, 2012

«Sou Fédor Mikhailovich Dostoievski. Permita-me entrar e mostrar-lhe as muitas vidas que arranquei da minha vida. Seremos um, nos porões da inquietude.»

Sem comentários: