terça-feira, maio 01, 2012

Pessoas que não conseguem ficar em casa a ouvir a chuva. Pessoas que não contemplam a Lua. Pessoas que têm sempre qualquer coisa para fazer. Pessoas que não abdicam de um serão na noite para ficar em casa a ler um livro. Pessoas que não vêem a beleza escondidas nas coisas. Pessoas que não conseguem viajar com a mente. Pessoas que não conseguem estar no sofá sem séries ou sem irem a correr para a Internet ou o telemóvel. Pessoas que não conseguem estar sozinhas num quarto fechado sem tédio ou ansiedade. Pessoas que estão sempre com pressa. Pessoas que falam muito depressa. Pessoas frenéticas que não param para aspirar o cheiro da terra molhada.

2 comentários:

Marta Gama disse...

Discordo absolutamente dessas pessoas, entenda-se. Pessoas que não sabem estar sozinhas consigo próprias não sabem estar com ninguém.

Anónimo disse...

Quando descobres que és independente do mundo, tornas-te livre.