segunda-feira, maio 02, 2011

- A linha divisória entre fazer justiça ou vingança é fodida. Acredito que tudo o que atiramos para a vida dos outros nos é devolvido. Detesto a palavra «vingança» e acredito que o universo se encarrega de tudo isso. Mas, neste caso, quero ser eu o perpetrador da vingança e estar lá, de pé, para assistir.

Sem comentários: