terça-feira, abril 05, 2011

Acho tanta graça aos contentinhos-de-si. Seguros nas suas opinioes, nao escoradas em vivencias ou leituras, ostentam um sorriso matreiro-sabichao e debitam tiradas sabonas. Aristoteles dizia que so nos deveríamos pronunciar sobre algo em que nao nos faltasse uma nesga de domínio do assunto.

Sem comentários: