sexta-feira, março 25, 2011

Nunca me engano e raramente tenho dúvidas quanto aos meus ódios de estimação

Corrosivo. Carlos Queiroz não gostou de ser visado por Pepe, que ontem acusou o ex-seleccionador nacional de desestabilizar a equipa das quinas, e arrasou o defesa-central luso-brasileiro.

«Pepe parece não ter compreendido que eu sou o único a defender o Liedson e os outros jogadores da Selecção. Pepe parece uma figurinha menor de uma telenovela brasileira baixa. Ainda ele andava de chupeta na boca, a pensar que selecção iria representar, já eu oferecia títulos de campeão do Mundo a Portugal», disparou Queiroz, esta sexta-feira, à chegada a Lisboa.

«Pepe não tem legitimidade para falar por Tiago e Simão. Ele que não se meta na minha vida quando sou pontapeado na minha integridade, moral a profissional, assim como eu não me meto na vida dele quando pontapeia selvaticamente colegas de profissão na cabeça», atirou.

25-03-2011

Há quase 20 anos que odeio essa coisa que dá pelo nome de Carlos Queirós.

2 comentários:

G. Varino disse...

https://www.facebook.com/event.php?eid=151360141595230

Anónimo disse...

... "nunca me engano e raramente tenho dúvidas ...", célebre frase da besta quadrada da Múmia que temos como presidente deste país à deriva!!!!! Neste caso usada por outra besta, vamos chamar-lhe "redonda" por causa do futebol, ehehehehe, que só porque ganhou uns campeonatos mundiais das camadas mais jovens já se acha uma sumidade inatingível e a coberto de tudo, podendo assim dizer e fazer todas as monstruosidades que muito bem lhe apetecer! Haja vergonha!!!!
g.