sábado, dezembro 11, 2010

Vistas de fora, as relações, as paixões, o amor podem parecer feios ou rídiculos - mas por vividos por dentro podem ser belos, intensos, únicos e divinos.

13 comentários:

Anónimo disse...

Concordo em absoluto. :)

V. (de novo por aqui)

Anónimo disse...

Só parecem ridiculos aos olhos de alguém que nunca amou...

Joana

serrasantos disse...

Quem és tu Joana?

serrasantos disse...

Pergunto porque gostei.

Anónimo disse...

Eu sou a Joana, mesmo.

Joana

Anónimo disse...

Penso que ninguém que comenta aqui na tasca me conhece pessoalmente.

Joana

RS disse...

Concordo em absoluto contigo, Joana! Só quem nunca sentiu amor por alguém, é que pode parecer-lhe feios ou ridículos. Será inveja?

serrasantos disse...

ok

Anónimo disse...

inveja?... Não sei, mas não me parece, pelo menos não em todos os casos. Creio que na maioria das situações é simplesmente porque ficam com primeiro sentimento que têm, não se dão ao trabalho de reflectir e de tentarem ser empáticos.

Joana

Anónimo disse...

Aliás penso que a maior parte dos problemas e questões sociais são consequências de uma sistematica falta de empatia, que parece só ter tendencia a crescer.

Joana

RS disse...

Tens toda a razão, Joana. A maioria das pessoas sente uma enorme dificuldade em compreender as ideias, os sentimentos e os comportamentos de outras pessoas. Vivem o seu mundo particular, esquecendo-se sempre de se colocarem no lugar dos outros, como se fosse o seu próprio mundo... e esse "como se" faz toda a diferença!

RS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

O nosso mundo, infelizmente parece caminhar para o autismo, e digo isto sem fatalismos. Creio mesmo que a sociedade evolui nesse sentido, com o bem e com o mal que isso possa trazer.

Joana