sexta-feira, dezembro 31, 2010

A única coisa boa de sociedades secretas, é que são secretas. Mas deviam ser mais. Ao ponto de terem um único sócio.

Ou como disse o Groucho Max - "Nunca pertencerei a um clube que me aceite como membro". O Woody Allen parodiou a frase mais tarde referindo-a às suas relações falhadas com mulheres, no filme Annie Hall. É uma leitura.

Mas estávamos a falar de politica?
Alguém irá realmente votar num homem que ocupando o cargo, não demitiu um dos "cabecilhas" do BPN de Conselheiro de Estado?!!! Teve o próprio, pressionado pela imprensa (a nossa má imprensa!) que demitir-se! Um Presidente de Portugal, que tinha parte do seu dinheiro depositado lá, mais a filha, mais acções e vendeu (mais a filha) e depositou noutro banco (mais a filha), antes do escândalo rebentar, ganhando assim umas largas massas? É um bom adivinho, este presidente. Pena que não tenha adivinhado a crise financeira posterior. Ou avisado os portugueses que lá tinham dinheiro. Mas ok, vamos admitir apenas olho para o negócio. Um economista oriundo de Boliqueime, uma terra com honras de placas nas auto-estradas, onde ninguém vai, deve ter uma moral superior. Mas que agora culpa os novos administradores do BPN do buraco financeiro.. Sem uma palavra sequer, para a anterior administração! É preciso ter desplante.. Faz-me lembrar há uns anos, a gula do Bolo Rei - http://www.youtube.com/watch?v=KOWmcmbGp18&feature=player_embedded
Um homem que remete para o site da presidência todos os assuntos incómodos. Um homem que não sabe dar um murro na mesa em defesa de uma opinião.

Deixem-me contar uma legenda do Miguel Esteves Cardoso, sobre uma foto do nosso presidente, aquando 1º Ministro, ao receber o presidente de Angola, Eduardo dos Santos, em Lisboa. A foto, simples, consistia no Cavaco, a sua esposa, mais o Eduardo dos Santos e a sua mulher. Uma foto simples. O comentário:
"Há qualquer coisa de errado com esta foto. Sei o que estão a pensar - Um democrata, junto de um ditador, um déspota. Mas não é isso que eu vejo. Vejo um homem que parece um actor de cinema, com uma mulher lindíssima ao seu lado, junto de um labrego e sua esposa paralela." Mas isto foi apenas um fait divers. Voltando à vaca fria, há pouco tempo atrás, se me pedissem um rosto da corrupção neste país, elegia o Valentim Loureiro. Imaginam um cartaz com a sua cara e o a palavra Corrupção em baixo. Ninguém iria achar estranho. Neste momento elegeria o Sr. Dias Loureiro. O tal, que foi administrador do BPN. O tal, que foi Conselheiro de Estado do nosso presidente em funções. O tal, que é amigo pessoal da família Cavaco, segundo o próprio diz e foi Ministro da Administração Interna no mandato do nosso presidente quando 1.º Ministro. O tal, com todos os bens em nome dos filhos.

Já vi que é um problema da família Loureiro.
Que ninguém me leve mal, especialmente os Loureiros.

Luís Serra Santos

1 comentário:

Fabio disse...

Eu me interesso por esse assunto, e faço pesquisas detalhadas sobre sociedades secretas há muito tempo, de maneira coerente e coesa, uma delas é a Maçonaria. O que eu pude constatar, é que há uma campanha de desinformação à respeito da mesma, nada das informações publicadas em livros , sites, blogs, vídeos são coerentes e uniformes, ou seja, há vários “fatos” sobre essa fraternidade que não batem. Por exemplo ; tem referencias específicas sobre rituais praticados em todos os veículos de mídia acima citados, em um livro diz-se uma coisa, em outro livro sobre o mesmo assunto(ritual) diz outra completamente diferente…e assim vai em sites, blogs, vídeos. Eu acho o seguinte… esses caras estão aí nos bastidores da história há séculos, são um grupo muito bem fundamentado e doutrinado, vocês acham que assim…do nada… os seus maiores segredos vão sendo revelados fácil…tolo de quem acredita. Acho, e constatei , que Eles estão em uma franca campanha de desinformação, se você pensar bem…é muito esperta essa estratégia, devido ao grande interesse das pessoas à respeito…nada mais eficaz do que uma enxurrada de informações falsas, e pode ter certeza que são, para saciar a curiosidade alheia. Eu fiz uma longa e reveladora entrevista com um maçom eminente, e ele me disse que todos os maçons quando vêem ; os livros , vídeos, blogs e sites colocando imagens daquelas posições "bizarras", termo utilizado por ele com veemência, dão risadas, pois tudo é tão ridículo e fantasioso, que é difícil acreditar que as pessoas aceitem tudo como verdade...mas ao mesmo tempo é ótimo para a fraternidade, por isso não se vê nenhum maçom, do mais baixo ao alto grau, se pronunciar à respeito dessa tolices, palavras dele. Por isso , não acreditem em nada, desconfiem de tudo, não se deixem lograr…pois é isso que eles querem…e conseguiram.