terça-feira, dezembro 07, 2010

Através de um rosto, lê-se tanta coisa. Não é possível tornar científica a observação de um rosto (apesar de já ter lido interessadamente sobre o assunto, confesso). Mas é possível, com dom e com observação paciente, desenvolver uma intuição (esse fio-de-raciocínio-tecido-pela-experiência).

Regra geral, a cara de alguém é muito importante. É claro que a voz, os gestos, o conteúdo das acções e palavras ainda o são mais.

Uma amiga minha disse-me um dia:

- A primeira vez que te vi pensei que eras um segurança, um brutamontes. És grande. Depois ouvi a tua voz e mudei logo de opinião.

Há rostos que não decifro. Há rostos - a maioria - que nada me dizem.

Mas há rostos que me afastam, e quando conheço a pessoa por detrás do rosto, vem logo em catadupa: a boçalidade, o materialismo, o mau carácter.

Um rosto diz-nos tanta coisa se mergulharmos nele.

Não é preciso lermos os jornais ou vermos a televisão para sabermos se o país está em crise. Está escrito no rosto das pessoas na rua, especialmente nas que andam de transportes.

Um rosto diz-nos, além dos estados emocionais, o nível de profundidade das águas de cada ser.

6 comentários:

Anónimo disse...

Epà, eu então fui mais ao contrário: quanto te vi sem barba, pensava que eras um menino de coro. Depois de ouvir a tua voz é que pensei que eras um dos seguranças do Lux. :-))

Abnóxio

Maria João disse...

Acredito vivamente naquilo que dizes. Pena que a tendência, hoje em dia, é a de ocultar, pelo rosto, o turbilhão dos pensamentos e dos sentires. A profundidade das águas é, cada vez mais, um mal-entendido. É pena. É pena.

Maria João

Anónimo disse...

O rosto, esse misterioso indecifrável que diz tudo não dizendo nada... e onde mora o olhar da alma...

Snow girl

RS disse...

Estou inteiramente de acordo! Faz-me lembrar uma citação que li em tempos, de Milan Kundera:
"O número de série da espécie humana é o rosto, que é uma acidental e irrepetível combinação de características"

Anónimo disse...

abnóxio, tens quase sempre graça.

maria joão g.?

Maria João disse...

sim, maria joão g.