terça-feira, dezembro 21, 2010

Aquele brilho outrora tão resplandecente
Dos meus olhos se ausentou para sempre
E agora, apesar de perdido o esplendor na relva
E o tempo da glória na flor,
Em vez de chorarmos, buscaremos força
No que para trás deixamos.

William Wordsworth

2 comentários:

Anónimo disse...

Acredita que esse brilho voltará a existir! E pelo que vejo, estás no bom caminho para o recuperar, pois o texto é positivo. E não, esqueças - os velhos e novos amigos estarão cá para o que der e vier.

V.

Anónimo disse...

Vamos conseguir recuperá-lo juntos, já te prometi isso, e o que para trás deixamos é importante demais para esquecer ... vamos conseguir, EU SEI.
H